Núcleo interdisciplinar de pesquisas teatrais da Unicamp

O que é Extensão para nós do LUME

Oficina-Montagem Abre-Alas. Foto; Acervo LUME

O Lume afirma e reforça a importância acadêmica híbrida entre pesquisa/extensão, principalmente no que se refere as apresentações e criações artísticas. Se por um lado, cada apresentação espetacular é uma continuidade singular de experimentação e de re-potencialização das pesquisas com o corpo em presença cênica, por outro lado, elas funcionam como potente ferramenta de extensão, já que os resultados de pesquisa são mostrados como elemento cultural que extrapola o âmbito estritamente acadêmico e encontra fruição em toda a sociedade. Cada apresentação ou processo formativo é uma oportunidade única de experimentação e de re-potencialização das pesquisas sobre/com o corpo em presença cênica que culminam, na ponta, a uma sempre reconstrução poética realizada naquela presença-espetáculo ou processo formativo. Portanto, as apresentações artísticas, direções, cursos e assessorias ministradas produzem um território híbrido e co-produtivo entre pesquisa e extensão.


Deve-se afirmar sempre - e de forma incansável - que no campo das artes presenciais a experimentação que ocorre em uma obra cênica - mesmo que não seja considerada como "conhecimento" científico stricto sensu - é fundamental na investigação de processos criativos que pretendam enlaçar conceitos, pedagogias, senso crítico-histórico e geração de ferramentas práticas para o corpo e a cena. É justamente no processo de experimentação de uma prática cênica que o conhecimento analítico, crítico, e mesmo conceitual se faz e se provoca. É na fricção entre o conceito-análise e a prática de um corpo-e-voz-em-suor-de-busca que um processo criativo efetua a produção de conhecimento de fronteira no campo das artes presenciais. Essa, talvez, seja a contribuição mais potente da área de artes - mais especificamente das artes presenciais - para o campo do pensamento acadêmico e humano.
É dessa forma que os produtos artísticos e formativos resultantes desse híbrido pesquisa/extensão podem ser apresentados como elemento cultural que extrapola o âmbito acadêmico e encontra fruição em toda a sociedade. Vale ressaltar que esses “produtos” artísticos e pedagógicos do LUME - considerados de altíssima qualidade no campo cultural - encontram grande escoamento nos agentes culturais produtores como Secretarias de Cultura Municipais e Estaduais, Festivais de Arte e Teatro nacionais e internacionais, SESCs, SESIs e Centros de Cultura.

Oficina Montagem Abre-Alas:. Foto: Acervo LUME